O perigo da pisada na bola

Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho experimentou a fama com justiça. Criativo e extremamente habilidoso, o craque tem uma característica nobre em seu currículo: ser um dos mais perfeitos assistentes do futebol. Ele é capaz de colocar o companheiro na cara do gol quando se imagina que está no mundo da lua.

Mas a fama tem os seus perigos. Se bobear, os afagos podem tapar a lucidez, mesmo no caso de artistas como Ronaldinho.

Na ânsia de se mostrar um jogador de qualidade incomum, o que seria uma perda de tempo para o conhecedor do esporte, Ronaldinho, escolhido duas vezes o melhor jogador do mundo, tem se desgastado em exibir sua habilidade nas chamadas firulas. O torcedor num primeiro momento vai aplaudir. Mas se a ação se mostrar inútil por muito tempo, ele vai notar que o espetáculo pede desenho mais aprimorado. O torcedor vai perceber e o time vai se enfurecer.

No último jogo do Milam de 2008, Ronaldinho firulou até para colocar uma bola para fora de campo quando percebeu um companheiro contundido. Neste momento, alguém pode ter se perguntado: “Será que estou num circo?” Tomara que essa sensação não se espalhe e o craque não perca a noção do jogo em que está metido. Ronaldinho Gaúcho pode fazer muito mais do que isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: