Dunga iria pensar se Pelé teria vaga

Ganso e Neymar

Se Dunga treinasse o time de 1958, talvez ele tivesse dúvida em chamar o Pelé para a seleção. Afinal, o jogador tinha só 17 anos e pouco antes vestira a Amarelinha – camisa, aliás, que começou a fazer história naquela Copa.

Além, de moleque, Pelé era do Santos, como Neymar e Ganso. Mas Dunga tem medo da ousadia. Topa dar porrada, mas treme ao montar uma equipe que fuja do óbvio. Arroz com feijão é seu prato preferido. Nem uma pimentinha ele engole.

Neymar e Ganso sabem todos os segredos da bola. Se Dunga não levar os meninos da Vila, ele estará traindo a história da seleção brasileira, que mostrou para o planeta uma nova ma maneira de jogar futebol.

Dunga

Os traídos são Pelé, Garrincha, Leônidas, Ronaldo, Ronaldinho, Kaká, Zagalo, Sócrates, Zico, Careca, Júnior, Romário, Tostão, Gérson, Rivelino… O resto é balela.